domingo, 18 de setembro de 2016



tá, eu assumo
eu amo o ricardo sim
eu não sei direto se eu justifico ou se eu devo justificativa pra alguém,
mas se me perguntassem eu diria:

os buracos que ele faz na barba de ficar fazendo nó,
o cheiro da barba - esse é mais forte que todos os outros, eu acho
tem horas que a gente acorda na madrugada, troca beijo, ele faz: hum,
e eu dou meia risada e já to dormindo,
mas é que de alguma maneira, aquela sensação de meio segundo, já satisfaz o resto e eu contabilizo
eu nem sei direito o que eu contabilizo, mas eu contabilizo.
é muito instinto também
o tamanho dos olhos dele, tem o desenho perfeito, e uma super camada de pelo na sobrancelha das pontas avessas
ele é todo bonitinho,
parece o zangado, acho tão engraçado hahaha, mas agora ele quer ser o dengoso hahahaha
já é e nem sabe
o som da voz dele e quando ele ri
de se agachar inteiro,
 as vezes ele desanda a falar em sotaque texano hahahaha
eu gosto quando ele me faz rir, e ele sempre consegue sem perceber
por que quando ele esquece de mim, e é ele só
ele cresce, e se movimenta diferente até
um animal mais humano
essa hora, eu quero morrer de amor
viver de amor com ele
eu não gosto muito da vida que ele leva, mas eu gosto das percepctivas que ele me projeta
do universo que eu sou e fortifico cada vez mais trabalhando minhas teses...
de renovar as teses
as minhas e as dele!


mas aí



tem horas que ele me irrita
muitas horas
quando ele acha que tá sendo injustiçado, mas ele sabe que ele plantou cada ação
não, pior que eu acho que ele não se ligou que plantou
aff
quando ele pensa que tá sendo o mais experto da roda, mas tá alastrando sem perceber
ele tem manias e vícios que me deixam de cara, honestamente.
ele tem 171 de altura, então...
tem horas que ele esquece de mim e acha que me da nó,
nessa hora, afrouxa um pouco o laço
nessas e naquelas que ele me deixa só resolvendo tretas sozinha
treta as vezes nossa, as vezes dele, as vezes minha...
fortalece minha Morgana


mas aí




minha raiva nunca foi maior do que um rompante de amor

quinta-feira, 25 de agosto de 2016


#primeiramenteforatemer

Esse é o diario da lanterna coração verde

Conviver com quem não quis uma dor especifica e suportar dores experimentais
é ciência ou do ser?
Eu senti as piores dores ao lado de alguém que só
pensa em sí

Eu fico pensando se é loucura, estudar psicologia e usar uma pessoa como experimento de tese
sobre a tese das transformação do polo negativo ao polo positivo de uma pessoa,
energias semelhantes são potencias para sí mesmas,  essa tese especificamente apresenta a defesa de que é só uma energia oposta pode se transformar em uma terceira, no desconhecido,
caminhar ao encontro do novo
No caso especifico pegar uma pessoa a menos de um ano que não acredita em sí mesma, que é dependente químico, viciado em rua, com os más vícios da rua,
já apresenta a ausência de: princípios, caráter e empatia, pode ser resgatada, se rolar uma lanterna?

uma pessoa que é maltratada e se destrói (até onde destrói o pesquisador? [ essa relação em sí é reflexo da auto destruição do estudante ou é só puro amor burro ao estudado? ]) e acha que maltratando o outro, equilibra sua própria balança, essa que por sua vez é: abstrata,
pode se transformar numa pessoa homogênea se misturada com sua energia oposta?
ou ela já não se mistura mais?
A tese se baseia na fé, que  pessoa é capaz de se transformar na melhor versão que ela tem de si, mas que já não visita há algum tempo,
o resgate do lobo bom
ao futuro do ex crack
é preciso estimular:
é preciso sobriedade por um tempo, é preciso que se busque a evolução, é preciso que encontre o amor na especie, é preciso deixar de ser cinza, é preciso comer mais do que explodir. tente comer até explodir - duas vezes ao dia por seis meses, é preciso que estagne seus demonios, é preciso que libere a barreira da fé, é preciso que o amor doa menos, é preciso que se ame mais
é preciso cabresto
re acostumar a ter controle de sí e esquecer todo o resto

a tese será desenvolvida no ato de depositar todo amor, entregar tudo o que ela precisa e questionar os quereres incoerentes - baseado na didática do amor e do perdão.
acreditar na restauração pela vida
ouvir e questionar as hipocrisias
dar espaço para que ele haja normalmente e para que não te interfira, uma vez que o polo em questão tem mais facilidade a mistura.
O pesquisador, não deve se afetar por problemas de rotina humana ( o pesquisador é o que? )



HISTÓRICO
Homem, branco, 38 anos, analfabeto, músico, morador de rua, usuário de crack a quinze anos, sem fé.
Nascido numa cidade do interior do goias, não conheceu o pai e tem a mãe de histórico de depressão que se arrasta há alguns anos, com isso desenvolveu o amor por acumulo de lixo, tem uma irmã filha da mesma mãe cujo o pai, roubou toda fortuna da família o que levou a mãe a depressão.
Aos treze anos sai de casa alegando maus tratos
Estudou durante dez anos no conservatório de tatuí, tem aptidão e talento natural para música, som.
Usa drogas desde muito novo ( não se sabe a idade ao certo ) e aos vinte e três anos iniciou no crack
Iniciou a vida sexual muito cedo, casou diversas vezes e teve inúmeras mulheres durante a vida, algumas delas, se não eram usuárias, acabaram usando em algum período da relação
desenvolveu carência afetiva com o passar dos anos e fobia de estar só
sonha com a reprodução, mas tem dificuldades em se manter estável e executar cuidados básicos
acredita que só com alguém vai conseguir controlar o vicio, precisa de alguém do lado, muleta.
ele não acredita que seja eu, nem eu, acredito nele, apenas.
já foi internado
tem por hobbie e sina se tornar cada vez mais estatística do estado


ATRATIVOS ESPECÍFICOS
se comprometer menos do que eu, as pressões são facilmente contornáveis com argumentos e um espelho,
a capacidade de fazer magica e resolver coisas em dias de sol
quando ele sorri e olha com interesse para as coisas



PONTOS NEGATIVOS DE CONVIVÊNCIA
mentira é um vicio que a essa altura, a gente não sabe se vem da natureza ou da vida
auto destruição, pena de si, não tem habito de cuidar da própria higiene ou alimentação, está sempre idealizando coisas possíveis, mas por costume põe tudo a perder ( para si e para o outro)


PONTOS POSITIVOS
quando a gente ama, qualquer coisa serve


PERSONALIDADE ATUAL
Mentir sem necessidade, explosivo, bipolar, irresponsabilidade com seus bens materiais e seus sentimentos, geralmente estraga tudo quando as coisas caminham bem, em qualquer situação.


PERSONALIDADE IDEALIZADA
Que volte acreditar em si e desenvolver seus trabalhos com mais responsabilidade, cuidados higiênicos, amar o ser humano, desenvolver a fé ( em qualquer coisa )
apreciar viver só

PERSONALIDADE POSSÍVEL
auto conhecimento, respeito a si e ao outro, enxergar seu próprio potencial e largar a dependência química e afetiva que a droga floresce


POSSIBILIDADES MATEMÁTICAS

50 a 50
8 = infinitas

POSSIBILIDADES IDEOLÓGICAS
inúmeras


HISTÓRICO DE RELAÇÃO
relações externas, aborto, ausência, companheirismo conveniente (ambos [o pesquisador, dança conforme a música])
uma relação que iniciou caótica e doentia, agora que tava legal e saudável, equilibrada
ele me vem com uma dessas

RAZÕES PARA ACREDITAR

Ele não é de natureza escrota, ele está, mas ele se arrepende meio segundo depois: respira, desmonta e chora
O olho dele ainda brilha, não é o tempo todo, mas brilha
Quando estimulado, ele sorri; não nega a risada, mas não busca
Ele chora, há rompantes de emoção
O coração bate
Ele é profundo


OBSERVAÇÃO:
não esquecer que ele mente, é maluco, ariano, músico e não cuida de si mesmo


CRIAÇÃO ARTÍSTICA QUE PODE SURGIR DISSO
no máximo um estudo humano de psicologia
- mas o pesquisador é dinâmico e não tem paciência para isso.
a arte é o amor



!


Sonhos são escolhas ou profecias?


QUEM É O LOUCO DA HISTÓRIA?

gif

segunda-feira, 18 de abril de 2016

>>

 Eu fico toda hora olhando pra janela, como se ele fosse chegar a qualquer momento,
 Ele disse que chegaria
 Ele ainda não veio

Eu o deixei com a desculpa de precisar ficar sozinha
de que ele precisava muito ficar só
ai
segui

antes:
ele saiu do terceiro casamento e por medo de ficar só na sequencia juntou comigo
eu voltei pra resolver velhas questões e pra matar o tempo entrei na dele

por essas e outras a gente acabou seguindo junto pro centro-oeste
e ele me botou um bebe

eu descobri quando já estávamos uns 3000 km de distancia um do outro
enlouqueci de alegria  e  comecei a tomar conta de mim
pela primeira vez
chorei por pavor de estar só

mas o medo
não impediu
que o bebe morresse

doeu, dói
e por menor que fosse ele já era a razão para tantas coisas na minha vida
hoje eu acho que foi muita pressão, pra alguém que ainda não tinha formado nada
mas imagine só:
você passar dois meses conversando com seu umbigo, por que você já sente que tem um serzinho que te puxa dali pra realidade
Que já determina a posição que você dorme, ele não se mexe nada ainda, mas já se posiciona na vida, aí, a partir daí, você começa a imaginar coisas como a personalidade e cheiro.
ai você senta na calçada e imagina ele com uns dois anos levando um capote e vindo correndo meio torto pro seu colo pra acalmar

Consegue imaginar?
E imagine viver isso todos os dias nos últimos tempos

Agora sente o peso do vazio
sente o peso de um belo dia, a minhoca que você nem viu, mas que ce já ama absurdamente parar de te responder
Some e depois de passar pelo humilhante serviço de saúde e consegue, depois de um dia inteiro tentando atendimento e pessoas enfiando dedos e tubos na sua boceta, você confirma
- os planos da minha vida: morreu

E ta aqui, a dois dias morto dentro de mim e me causado a dor mais insuportável da minha vida
Por que não foi só meu útero com os restos dele
- tem saído pedaços dele de mim esporadicamente

Meu peito, chega a estalar de dor
a cada silencio, a cada ida ao hospital, a cada noite que eu acordo gemendo de dor e com sangue descontrolado que desce das minhas pernas
Meu peito arde de me sentir só, por que a melhor sensação do mundo é você acompanhada de sí mesma
meu peito arde pela impotência, de saudades de alguém que eu nem vi, mas que se alimentava de mim, ai, me sinto  impotente de novo, essa hora acho que arde mais que as outras
A dor é bruta
é estrupo, descaso e dor de verdade a três dias
entende?

durante esse processo eu olhava pra janela
esperando ele chegar
e ele
não veio

e
eu
pela primeira vez
desesperei
por estar




                                                                            dor
                                                                            o
                                                                               Cóccix
                                                                              pra cima do 
                                                                               pescoço 

sábado, 26 de dezembro de 2015

#16



 é preciso tomar algumas decisões na vida,
já eu mesma, não faço isso desde lá de trás

lembrei do meu primeiro campeonato de natação no jardim de infância

esse lance de ficar fluindo renderam boas missões
mas chega uma hora que elas se confundem
e eu já não sei o que é
onde é
o mais importante de estar

Jigsaw falling

provavelmente, onde eu quero
e se eu quero tudo
acabo perdendo o jogo por falta de posicionamento

por isso

eu lembro que no dia a competição valia sorvete de coco 


mó drama
- mas só perde o peso quando passa

aquela fase na vida de dar um chute certo ou não
o lance do ciclo vicioso de não vencer chefão nenhum e nunca desligar o videogame


... eu nadava com a ajuda da professora e duas boinhas nos braços...





diz a internet que estamos entrando no ano do macaco
o macaco é um dos meus animais de cabeça
a descrição diz que é um ciclo de fortalecer coisas e concretiza-las
ir devagar e sem parar
e eu já estou em um lugar a bastante tempo
indo e vindo
construindo e reconstruindo
cada volta é um recomeço
e nada floresce,
só limpo o jardim e planto
mas
o ser humano é mais dependente que planta

naquele dia eu nadei, nadei até ficar em ultimo lugar
fui tão mal que quando eu estava terminando a segunda volta
o primeiro já cruzava a linha de chegada


talvez dessa vez
eu devesse não ir atras de nada
e firmar onde eu já estou


da torcida vinha a impaciência e compaixão dos pais dos amiguinhos
- atravessa a piscina!
a professora falou baixinho
- ana, já foi, quer sair por aqui?
não precisa cansar mais...
retardatários cruzavam pela lateral da piscina...
minha mãe chorava

e fazer fluir
dinheiro nunca foi importante
e as pessoas que ficam lá
ficam
se não a gente se encontra em voo

eu não lembro o que eu senti
mas naquele dia,
eu disse
- professora, eu quero ir até o fim, pode me soltar se quiser, quero chegar até lá, eu quero sorvete
- eu posso ir com você, mas os vencedores já chegaram
- vai mais rápido...


o que não dá é pra não concluir essa missão
e no mais eu tenho tempo pra resolver as coisas
o que tá fora daqui,
não existe de fato,
são ideias do quase  pode ser
e assim será pra sempre
por que assim que é

- prado tem lua

no fim, 
fui eu bati a mão na borda
depois de esperar, algumas pessoas me parabenizaram pela competição e eu fiquei sem entender 
minha mãe veio me pegou chorando e a professora o sorvete
sai felizona

lá é o paraíso
que a gente só chega
depois que acaba a missão

minha mãe ainda chora e sorvete de coco ainda vale a pena

quinta-feira, 24 de dezembro de 2015

é preciso esquecer o natal
pessoas que sofrem o ano todo, se afetam muito
em dias como esse
eu
que das dores, ignoro bastante
não consigo comemorar mais
dias como esse

natal é só mais um dia
que não devia afetar mais
do que o resto de nossas vidas


.
Inés- tabilidad son las once y once minutos y estamos donde tenemos que estar

sexta-feira, 23 de outubro de 2015


Ain't got no home, ain't got no shoes
Ain't got no money, ain't got no class
Ain't got no skirts, ain't got no sweater
Ain't got no perfume, ain't got no beer
Ain't got no man

Ain't got no mother, ain't got no culture
Ain't got no friends, ain't got no schooling
Ain't got no love, ain't got no name
Ain't got no ticket, ain't got no token
Ain't got no God

What about God? Should be: What have I got?
Why am I alive anyway?
Yeah, what about God? Should be: Yeah, what have I got?
Nobody can take away

I got my hair, I got my head
I got my brains, I got my ears
I got my eyes, I got my nose
I got my mouth, I got my smile
I got my tongue, I got my chin
I got my neck, I got my boobs

I got my heart, I got my soul
I got my back, I got my sex
I got my arms, I got my hands
I got my fingers, Got my legs
I got my feet, I got my toes
I got my liver, Got my blood

I've got life, I've got my freedom
I've got the life

And I'm gonna keep it
I've got the life
And nobody's gonna take it away
I've got the life




quinta-feira, 1 de outubro de 2015

MANCHETE

TUBARÕES EM PRAIA DE PRADO


ó, cês que não botam fé na lua
é ressaca de mar, tubarão na areia...

não tem como
          não
      dá medo
         tem

o bagulho tá louco
o universo tá acontecendo
tamo tudo aqui
na força
ate onde a força
não explodir

prado ta nervoso e eu sinto daqui
eu anseio por explodir
vou me guiando
pela palma do meu pé



bambu

sexta-feira, 25 de setembro de 2015


Eu tenho medo do tempo
tenho medo de me por pra trás
de me passar
das rulgas
e do dia que meus dias chegarão ao fim

que as fotos cessem

não gosto que me machuquem
tenho tanto medo
de/da
dar a
dor
ao
fim


sábado, 15 de agosto de 2015

das favoritadas Bukowski

Resisti a meus pais, resisti à escola e depois resisti a tornar-me um cidadão decente.
O que quer que eu fosse, fui desde o começo.
Não queria que ninguém mexesse com isso.
E ainda não quero.



Os dois principais objetivos da vida, afinal, eram evitar a dor e dormir bem, estou certo?

“Meu negócio não era coisa pequena. Eu queria o mundo ou nada.”

Então queres ser um escritor?

se não sai de ti a explodir
apesar de tudo,
não o faças.
a menos que saia sem perguntar do teu
coração, da tua cabeça, da tua boca
das tuas entranhas,
não o faças.
se tens que estar horas sentado
a olhar para um ecrã de computador
ou curvado sobre a tua
máquina de escrever
procurando as palavras,
não o faças.
se o fazes por dinheiro ou
fama,
não o faças.
se o fazes para teres
mulheres na tua cama,
não o faças.
se tens que te sentar e
reescrever uma e outra vez,
não o faças.
se dá trabalho só pensar em fazê-lo,
não o faças.
se tentas escrever como outros escreveram,
não o faças.

se tens que esperar para que saia de ti
a gritar,
então espera pacientemente.
se nunca sair de ti a gritar,
faz outra coisa.

se tens que o ler primeiro à tua mulher
ou namorada ou namorado
ou pais ou a quem quer que seja,
não estás preparado.

não sejas como muitos escritores,
não sejas como milhares de
pessoas que se consideram escritores,
não sejas chato nem aborrecido e
pedante, não te consumas com auto-
— devoção.
as bibliotecas de todo o mundo têm
bocejado até
adormecer
com os da tua espécie.
não sejas mais um.
não o faças.
a menos que saia da
tua alma como um míssil,
a menos que o estar parado
te leve à loucura ou
ao suicídio ou homicídio,
não o faças.
a menos que o sol dentro de ti
te queime as tripas,
não o faças.

quando chegar mesmo a altura,
e se foste escolhido,
vai acontecer
por si só e continuará a acontecer
até que tu morras ou morra em ti.

não há outra alternativa.

e nunca houve.



a história da melancolia inclui a todos nós.



"A gente ama o que precisa, ama o que faz a gente se sentir bem, ama o conveniente "

“E desde então decidi que a POESIA é a forma mais curta, mais doce, mais explosiva. Para que escrever um romance se é possível dizer o mesmo em dez linhas?”

Quando a verdade de outra pessoa fecha com a sua, e parece que aquilo foi escrito só pra você, é maravilhoso.
O Coração Risonho

A tua vida é a tua vida
Não a deixes ser dividida em submissão fria.
Está atento
Há outros caminhos,
Há uma luz algures.
Pode não ser muita luz mas
vence a escuridão.
Está atento.
Os deuses oferecer-te-ão hipóteses.
Conhece-las.
Agarra-las.
Não podes vencer a morte mas
podes vencer a morte em vida, às vezes.
E quanto mais o aprendes a fazê-lo,
mais luz haverá.
A tua vida é a tua vida.
Memoriza-o enquanto a tens.
És magnífico.
Os deuses esperam por se deliciarem
em ti.

Se vai tentar 
siga em frente.

Senão, nem começe!
Isso pode significar perder namoradas
esposas, família, trabalho...e talvez a cabeça.

Pode significar ficar sem comer por dias,
Pode significar congelar em um parque,
Pode significar cadeia,
Pode significar caçoadas, desolação...

A desolação é o presente
O resto é uma prova de sua paciência,
do quanto realmente quis fazer
E farei, apesar do menosprezo
E será melhor que qualquer coisa que possa imaginar.

Se vai tentar,
Vá em frente.
Não há outro sentimento como este
Ficará sozinho com os Deuses
E as noites serão quentes
Levará a vida com um sorriso perfeito
É a única coisa que vale a pena.




Eu não posso passar de cima do que eu já tinha fechado
comigo
por conta de ninguém

por mais que pareça menos
e o outro ser importante
e me contribuir

mas
antes
eu já existia
eu já era
e mais um
se foi


eu sou pesada
não sou pra qualquer um
e
há quem suporte?
eu e meu mundo
que é quase do tamanho da terra

não posso deixar
posso ceder
sem suar demais
sabe
?

suar só no
sol e na cama
se não
é agressão


de pé
vestida na sombra
eu faço o que flui

normalmente eu voo
sem me mover
eu viajo
quando não me movo muito
bato as asas

minha leveza é pesada
mas
eu me seguro bem


me dou a mão e sigo


que
não!



amaciar dureza