sábado, 24 de novembro de 2007



[sujeito a alteração]

Será que de fato, isso existe?
Será possível, existir sem lealdade, irmandade?
Será possível, que qualquer um, ou nós mesmos somos capazes de simplesmente separar?
Será que nossas diferenças, são tão grandes assim, que não podemos nos aceitar?
Será que vai ficar tudo no não dito, escondido atrás de nossa superioridade?
Será que vai ficar assim subentendido?
Ou será que fomos só um step, um passatempo, e tudo simplesmente acabou assim?
Você com a tolice de sempre me dar lição de moral,
Se isso acabou, hoje ontem ou acabará amanhã
A culpa não é minha , é você que para variar, não aceita das minhas idéias ao meu jeito de andar!
Bicha, é, eu sei!

2 comentários:

Ren@tynh@ disse...

Amorrrr que lindooo ... minha muié faz poemas .... linda!!! te amOOO BBEijossss

bruna.basilio disse...

Ahhh que fofo rs