segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

Obsessão por Capitu

Ta! Que a microssérie Capitu mexeu mais comigo do que com Bentinho eu admito!
Agora ouvir merda de nego que nem se quer leu o livro e critica por estar na rede globo ao invés de estar da TV cultura é demais pra mim!
Na falta de amigos que acompanharam a microssérie, fui discutir o assunto na internet.

Depoimentos de Gênios, Literários e Críticos de Orkut!

O primeiro Tópico!


Machado está se revirando no túmulo.
Comecei a assistir a série Capitu com grande expectativa que após algum tempo se transformou em decepção.Ao tentar usar o mesmo estilo de "Hoje é dia de Maria" e a "Pedra do Reino" a globo infelizmente ultrapassou o limite do ridículo ao mostrar um Dom Casmurro totalmente caricato e com uma loucura que nunca foi mencionada no livro ,apesar de sua grande desconfiança em relação a Capitã (?) e Escobar.Me sinto envergonhado ao ver essa série e triste ao saber que criará nos espectadores que não leram o livro uma imagem distorcida e caricata deste belo clássico.

Matheus

partilho da MESMA opinião de yago...a globo fez uma carictatura ridícula e super dramática do livro...o ator que interpreta bentinho não o faz com lealdade e o EXCESSO de drama torna o enredo confuso para os que não o leram...apesar da linda fotografia me decepcionei MUITO.

Jonathan

ta certo q o texto é quase o original mas a caricaturização é ridículanada a ve parece um circo mas me deu saudades do livro

Estava eu cá na minha, e dei minha singela opinião:

Ana Carolina
Eu tô gostando...
É bem fiel ao livro comparando a outras series e filmes...
Não estamos no século 19, então acho válido usar músicas e adaptar tudo o que for a favor...
Pra que haja identificação, com o publico.
Quanto a fotografia e a arte e todo o resto, eu acho mágico...rs
To curtindo de verdade..
Concordo que não é uma minissérie padrão em sentido nenhum, mas ai que ta a graça, a inovação.
Não sou fã da Globo, mas confesso que gostei da adaptação



Até que entrei em guerra com o último ao som de Elephant Gun.
Juro que estava na minha!

Jonathan
não estamos no seculo 19, mas o livro estáa ( ele teve a pachorra de grifar a citação de minha opinião, isso era ou não era um convite para uma batalha?)
história se passa no sec 19, logo não existem sex pistols, e quem não leu o livro vai achar q o livro é uma piada

Ana Carolina
Arte meu querido!
Arteee!!!
não se explica...
Adaptação e tal... tudo e válido...
Há quem goste e quem não...
Só vai achar uma piada quem não sabe quem é Machado de Assis e Dom Casmurro...O que já é uma piada por si só...

Jonathan

então Ana esse é o problema, infelizmente muita gente não conhece machado de assis e essas pessoas q conheceram por via dessa minisérie acharam uma piada

Ana Carolina
Não sei o por quê...
já pensou na possibilidade das pessoas resolverem ler por que gostaram da fotografia, música, circo que vcs dizem ser?
Acho que vai ter muitas pesquisas de Machado de Assis, no google depois dessa...
Não sei não velho, mas minha sincera opinião é que muita gente não gosta por estar na globo... pré-conceito besta contra a cultura de massa...

Jonathan

sinceramente ana não é por causa da globo, q ja fez coisas q eu achei muito positivas como a muralha, amazonia etc
boas séries e miniséries foi a caricaturização alá hoje é dia de maria q eu num gostei é uma obra realista

Ana Carolina
Sei lá cara, mas eu acho que ficou bom assim...chama mais atenção do publico...
Você acha que muita gente, não curte literatura por que?
Por que acha chato... se não for novela no século 19, com linguagem fácil, ( e vc tem que concordar que o texto está impecável) o povo não acompanha...

E não ficou ruim...vai ver que é por que eu curto arte...
Eu gostei...
E muito nego metido a intelectual vai pesquisar a respeito ou criticar, tudo depende do nível social do intelectual em questão... rs



No dia que se seguiu o magnífico critico deu tal declaração!

Jonathan
até agora só falei mal mas existem pontor fortes
1 a boa atuação e boa escolha da capitu ( com seus olhos de cigana...)
2 o texto está bem fiel.
e eu achei q seria "adaptado"e arte pra mim foi a de machado de Assis
arte se define por expreção do belo oq é belo pra mim, pode não ser pra vc logo oq é arte pra vc pra mim pode não ser não são verdades universais, só minha opinião


Ah! Eu e minha estúpida e magnânima mania de abrir os olhos e mostrar a verdade a todos.
Tudo bem, vá lá, minha verdade, mas não me culpe ele estava perdido ia de acordo com o título do tópico.
Cá entre nós, nem deve ter pensado para escrever.
Não se tem notícias desse Jonathan desde então. Não naquele tópico.
Antes de abandonar aquele tópico que até ali já tinha defensores o suficiente li e registrei uma última opinião.

Wesley
E Machado virou circo...

Ana Carolina
Circo?
Ah! Circo é lindo e é arte meu amigo.
Acho que você acabou elogiando sem querer a minissérie... rsrs



Mentira, Ilusão, Falsidade!
Não abandonei o tópico por completo.
Dei um ponto de vista aqui e ali, mas já não valia de mais nada, já que como disse a pouco tinha um numero grande de defensores.




O segundo Tópico!

GLOBO! estrupow o livro
Colokou 1 ator com a cara do ator de Escobar, dizendo ser filho de Bentinho....RIIDICULO! ateh o buraco no queixo! igual! Insinuando a traição de Capitu!sem coment's! maldito Roberto Marinho

Matheus
mas o proprio bentinho insinua isso....ta escrito quem leu sabe

ॐ Leonardo ॐ
Insinuar.... ler e interpretar!ali tah na cara!

Ramon
E você estuprou a língua portuguesa...

Colokou 1 ator com a cara do ator de Escobar, dizendo ser filho de Bentinho....RIIDICULO!

ateh o buraco no queixo! igual!

Insinuando a traição de Capitu!

Perfeito! estamos vendo a história pelo ponto de vista PARCIAL do Bento Santiago, não pelos olhos da Globo ¬¬'

ॐ Leonardo ॐ
no to fazendo redação pra escrever igual professor to na net

Ramon

Você não entendeu a obra.
Ela TEM que dar a entender a traição pois é uma histórica contada pelo ponto de vista do Dom Casmurro.
Assim como Lolita é pelo ponto de vista do H.H....

Tem que perceber a falta de credibilidade de suas palavras durante a obra...
O tom exageradamente caricato do Dom Casmurro é exatamente para evidenciar isso, já que fica impossível transmitir todas as entrelinhas o livro.

ॐ Leonardo ॐ
Cara o seu madruga manja mais literatura q eu e meu professor... depois dessa vo durmi ( a foto de Ramon era seu Madruga )


Não preciso dizer que fiz um comentário malcriado a esse tal Leonardo, que perde tempo procurando símbolos para enfeitar seu orkut, ao invés de dar atenção ao livro.
Mas para quem se interesse - se é que há algum interesse - cá está minha resposta.

Ana Carolina
Meu Querido, leu o livro?
Aposto que entrou na faculdade a pouco e ouviu falar muito mal da rede globo e está repetindo tudo o que seus novos amigos intectuais e professores dizem...
Meu...
( sinal de indignação e mania, que me saiu na hora )
Está no livro...
Caso tenha lido, pegue um dicionário e leia com mais atenção na próxima.
Vai notar que falou muita merda e abriu um tópico desnecessário.

Não quero de maneira nenhuma passar por entendida de literatura, já que entrei a pouco nesta vida- apesar da paixão tenho conciência do pouco entendimento- e muito menos de menina que gosta de brigar por besteira em sites de relacionamentos.
Mas é Dom Casmurro, Capitu, Beirut e Arte!
Não se trata de besteira!!!
O que me deixa revoltada é existir preconceito besta contra a rede globo ou qualquer outro.
Não se pode fazer coisas belas, só por que ela é o meio que mais acessível a população?
Da mesma maneira que não quero passar por entendida, não quero aqui defender a rede globo que ainda leva grande quantidade de excremento a nossas casas todos os dias.
Mas toda e qualquer forma de preconceito ou pré-conceito me deixa puta, ainda mais tratando de algo tão belo e sublime que foi a microssérie.
Preconceito de como pudemos ver de pessoas que não sabem ler e/ou não leram o livro.
Sim! Repito! Não sabem ler.
Revolta-me saber que há pessoas-papagaios que não procuram a informação antes de prestar qualquer depoimento e principalmente a critica.
Claro que a arte há de agradar a mim e não a ti, mas esse não foi o foco das pessoas nesses e em alguns dos outros tópicos que falava da belíssima obra, já dizia José Dias.
Há que diga nesses mesmos tópicos que foi ou não para a audiência o formato da obra.
De que importa isso?
Se soubemos usufruir o que nos é oferecido não importa a intenção do Luiz Fernando Carvalho ou qualquer outro.
Mas, sejamos Honestos, qual o propósito ele teria em passar cultura de graça?
Ainda mais tratando-se de Brasil, que a cultura é só pra quem realmente vai atrás.
Foi para audiência sim!
Tem que ser, ele ganha a vida assim.
Mas está ai mais um preconceito dos metidos a intelectuais.
Não pode ser para a audiência e ser bom?
Tem gente que me parece tão limitada.







Como não gostar? Como não se apaixonar por Capitu, Bentinho e Escobar?
Como não sentir raiva da obsessão de Dom Casmurro e dos superlativos de José Dias?
Como não querer estar no século 19, um palco ou nas vestes de Capitu?
Como não sentir vontade de dançar ou se emocionar com Elephant Gun ou Iron Man?
Como não se trancar no quarto no meio de uma festa com duas latas de cerveja, para assistir o último episódio?


Ah! Claro... Rede Globo...
Capitu? Credo! Nome de puta!
Não era aquela prostituta da novela?

Tem coisas que eu simplesmente não consigo entender.
Eu tento, mas é difícil.

2 comentários:

Juliana Martinez de Almeida disse...

Ai te amo ana!...não li o livro, mais li o resumo kkkkk sinceramente o livro na epoca era muito chato pra mim, quanto a capitu da rede globo! Sensacional! Magico! deu até vontade de ler o livro que a uns 2 anos eu nao suportei terminar rsss...Palmas para a globo (msm odiando... Só uma palavra para definir tudo isso... ARTE! *-*

Rdreamer disse...

Li o livro e vou reler o mesmo por conta da microssérie.
O problema da Globo, pessoal, não é a Globo e sim o publico. Ela é uma emissora comercial e tem capacidade de fazer muita coisa boa. Mas não há publico para isso. Ela precisa ganhar dinheiro para continuar a ter recursos e de tempos em tempos nos proporcior espasmo maravilhosos como foi o dessa microssérie.